BNDES

MPF questiona BNDES sobre financiamento de Belo Monte

Friday, December 24, 2010
Publicado em 23 de dezembro de 2010 (clique aqui para ler o oficio). O Ministério Público Federal enviou hoje (23/12) ofício ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) solicitando informações sobre o financiamento ao projeto da hidrelétrica de Belo Monte. O documento tem 17 questionamentos ao Banco, começando pelo empréstimo-ponte de R$ 1,087 bilhão anunciado no dia 21 de dezembro Os procuradores responsáveis pelos questionamentos, Ubiratan Cazetta e Felício Pontes Jr, querem saber se esse primeiro aporte financeiro será usado no canteiro de obras ou nas a

Investir em Belo Monte pode resultar em prejuízo, diz relatório

Thursday, December 23, 2010
Além de causar danos à floresta amazônica e sofrer forte resistência de povos indígenas, a usina hidrelétrica de Belo Monte também poderá ser um péssimo negócio para investidores, instituições financeiras e parceiros, de acordo com o relatório "Análise de Riscos para Investidores no Complexo Hidrelétrico Belo Monte", lançado hoje (23) pelas organizações Amigos da Terra - Amazônia Brasileira e International Rivers. Segundo o estudo, as instituições financeiras que optarem por investir em Belo Monte poderão ser co-responsabilizadas pelos danos sociais e ambientai

BNDES libera empréstimo para usina de Belo Monte Financiamento do banco estatal será de R$ 1,08 bi

Thursday, December 23, 2010
O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) liberou ontem o primeiro financiamento público oficial para o projeto da usina hidrelétrica Belo Monte, projeto que será construído no rio Xingu (PA). O valor do empréstimo-ponte (na modalidade de crédito de curto prazo) é de R$ 1,087 bilhão.Ele servirá para custear as primeiras ações nas regiões de Altamira e Vitória do Xingu (PA) pela Nesa (Norte Energia S.A.), formada por 18 empresas públicas e privadas e constituída para construção e operação da usina.Essa ainda não é a operação de financiamento do proje

Brazilian Delegates Recount Struggles Against Dams at Rivers for Life 3

Remnants of Arcediano Dam on the Santiago River in Mexico, Cancelled by Local Efforts
Remnants of Arcediano Dam on the Santiago River in Mexico, Cancelled by Local Efforts Leila Salazar-Lopez I've just returned from the Rivers for Life 3 meeting at Temacapulín, Mexico, where 300 delegates from across the world joined to learn from each others' experiences in campaigning against hydroelectric dams, and to share strategies in building energy and water alternatives. The story of Temacapulín is eerily similar to that of the Belo Monte Dam: government neglect, no free, prior, and informed consent, and local officials who are desperately working with local residents to

Dardanelos, Part 2: Tragedy Not Erased by CDM Botox

Lula Gets Botox Treatment
Lula Gets Botox Treatment Revista Veja Read part 1 of this blog. Have you ever known someone who has had botox? In the procedure, needles are stuck in your face and a bacterial neurotoxin byproduct – basically, botulism – is injected under your skin. And away go the wrinkles. The Brazilian hydro industry has been injecting plenty of botox into inviable projects in the hopes of giving grandfathered dams a nice clean, green sheen.  However, sometimes, despite how much botox is applied, some wrinkles just won't go away.   In 2006, energy company Aguas de Pedra submitted a project des

Participação Minoritária do Setor Privado em Belo Monte Reflete Preocupações entre Investidores sobre Riscos Financeiros

Friday, July 16, 2010
Mega-hidrelétrica considerada economicamente inviável em análise de cenários de riscoBrasilia, D.F. - O anúncio feito na semana passada pela ANEEL sobre a composição da Sociedade de Propósito Específico (SPE) do consórcio que vai  construir a polêmica hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu (PA), revela uma falta marcante de presença do setor privado. O consórcio Norte Energia(1) formado por 18 membros é marcado pela ausência de grupos importantes do setor financeiro e da indústria de construção de barragens no país.  A participação do Governo Federal, direta ou indire

Notificação Extrajudicial de Riscos Apresentada ao BNDES por Organizações Brasileiras

É de conhecimento público a intenção do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em ser o financiador principal do empreendimento denominado Aproveitamento Hidrelétrico de Belo Monte, no Rio Xingu, Estado do Pará, independentemente de seu custo financeiro, econômico, social ou ambiental. Já chegou a ser anunciado publicamente que o banco estaria disposto a contribuir diretamente com, no mínimo, R$ 12.000.000.000 (doze bilhões de reais), o que seria o maior empréstimo individual já feito por essa instituição financeira. Pelo presente instrumento particular e n

Brazil's Growing Regional Influence

Tuesday, June 30, 2009
From June 2009 World Rivers ReviewOver the past decade, Brazil's rapid economic growth has generated huge cash reserves for the country. Brazil has been transformed from a debt-laden borrowing country to a financier of domestic and international infrastructure projects, with dramatic implications both within Brazil and in Latin America more generally.Much of this economic might is wielded through Brazil's National Bank for Social and Economic Development, or BNDES, which uses state pension and unemployment funds to channel billions of dollars annually to large infrastructure projects. The bank

Brazilian NGOs urge World Bank not to approve $1.3 billion environment loan

Thursday, March 5, 2009
For immediate release Brazilian environmentalists, social movements and networks monitoring international financial institutions have asked the World Bank to postpone a decision on the US$1.3 billion "Programmatic Environmental Sustainability Development Policy Loan Project" to Brazil. The loan is scheduled for a vote today by the World Bank board of executive directors. In a letter to Pamela Cox, Vice-President for Latin America and the Caribbean, the groups say that prior loans aimed at mainstreaming environmental considerations in Brazilian government policies have failed.

Carta ao Banco Mundial Sobre Empréstimo ao Brasil

Thursday, March 5, 2009
Ilma. Sra. Pamela CoxVice Presidente do Banco Mundial para a América Latina e o CaribeBanco MundialWashington, DC, Estados Unidos da América Com cópia para: Sr. Makhtar Diop, Diretor, Banco Mundial no BrasilDiretores Executivos, Banco MundialMinistro do Meio Ambiente, Sr. Carlos MincMinistro do Planejamento, Sr. Paulo Bernardo SilvaMinistro da Fazenda, Sr. Guido MantegaCasa Civil, Sra. Dilma RousseffPresidente do BNDES, Sr. Luciano Coutinho Prezada Sra. Cox, Subscrevemos-lhe para manifestar nossa preocupação sobre o empréstimo que está sendo concedido pelo Banco Mundial ao governo brasi

Pages

Subscribe to RSS - BNDES